Menino de 12 anos morre eletrocutado ao empinar pipa em Aguaí

Garoto vivia em abrigo para crianças e chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Por Redação 08/08/2017 - 09:44 hs

A polícia de Aguaí (SP) investiga a morte de um menino de 12 anos em um abrigo da cidade. O garoto estava empinando pipa no abrigo para crianças e adolescentes em que vivia e atingiu a rede elétrica.

Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu às queimaduras e morreu no pronto-socorro da cidade. As outras crianças que estavam com ele não se feriram.

"Ele estava dentro da instituição e, ao que tudo indica, usou como linha um fio metálico, semelhante a ferro ou aço, que acabou relando na rede de alta tensão", disse o delegado de Aguaí, Alessandro Serrano Morcillo. O fio foi recolhido para perícia e o laudo deve ficar pronto em 10 dias.

Investigação

No momento do incidente havia quatro funcionários no abrigo e a polícia vai investigar se houve displicência. "Registramos como averiguação de possível homicídio culposo. Vamos verificar se as pessoas que tinham esse menor sob custódia foram negligentes", afirmou Morcillo, que ressaltou o trabalho da instituição filantrópica na cidade. "É uma entidade séria". O delegado disse ainda que nos próximos dias ouvirá testemunhas e que a investigação deve ser concluída até o início de setembro.

Despedida

O garoto foi velado no Velório Municipal de Aguaí e sepultado na tarde deste domingo (6).