Itápolis: Prefeitura passa a usar máquina que tritura galhos para evitar gastos

Foi verificado que cada viagem de caminhão triturado equivale a 5 sem triturar.

Por Redação 11/08/2017 - 07:15 hs

O triturador de galhos adquirido pela Prefeitura de Itápolis é um equipamento que tem feito uma, expressiva, diferença na rotina de trabalho da equipe da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental, além de gerar uma economia dos gastos públicos.

Desde quando começou a ser utilizado, em maio deste ano, foram triturados uma média de 150.000 kg de galhos, troncos, e folhas, em 39 horas trabalhadas. Para transportar essa mesma quantidade de resíduos seria necessário fazer 300 viagens até o aterro sanitário. Mas, com os galhos já triturados foram feitas apenas 60 viagens, neste período, armazenando em local adequado.

Comparando, verificamos que cada viagem de caminhão triturado equivale a 5 sem triturar. Nisto, já é possível constatar a economia de combustível, gastos com o caminhão e horas dispensadas pela equipe, que agora pode atuar em outros serviços.

O serviço gerado pelo equipamento utilizado para realizar a trituração dos galhos provenientes das podas das árvores feitas pelos moradores e pela prefeitura, também ajuda a resolver problemas ambientais. Antes, os galhos eram depositados em locais impróprios sem nenhuma organização, agora o material triturado pode ser aplicado diretamente no solo, pois ajuda a manter a umidade, dificulta a germinação de plantas daninhas e com a compostagem, esses galhos se transformam em adubo orgânico. A trituração agiliza o processo de decomposição dos galhos, pois acaba sendo bem mais rápido do que se estivesse inteiro.

As Secretarias de Desenvolvimento Ambiental e Agropecuário avaliam agora a forma como a compostagem será doada aos produtores rurais, que poderão se beneficiar destes resíduos para utilização em suas produções agrícolas.

 Imprensa Prefeitura de Itápolis