ONU aponta desigualdades no acesso digital

Diretor do UNIC Rio diz que acesso precisa ser sustentável e equitativo

Por Redação 09/10/2017 - 16:38 hs

Um relatório divulgado na terça-feira (3) pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês) revela o rápido aumento do acesso à internet no país e nas economias em desenvolvimento, mas aponta que a desigualdade na qualidade e nos recursos associados permanece. Segundo o diretor do Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC Rio) no Rio de Janeiro, Maurizio Giuliano, a inclusão digital necessita eliminar as desigualdades no acesso.

Segundo Maurizio, por um lado a quantidade elevada de usuários é positiva, mas por outro, é preciso que o acesso seja sustentável e equitativo.

Sobre investimentos, o diretor afirma que os dados são incentivadores, mas que é sempre possível ser mais ambicioso. 

Ele também comentou sobre o combate aos crimes na internet e afirmou que é preciso haver uma política específica.