Os 5 livros de 2017 que Bill Gates recomenda que você leia

Por Redação 06/12/2017 - 07:28 hs

"Ler é minha maneira favorita de aproveitar minha curiosidade. Embora eu tenha sorte de conhecer muitas pessoas interessantes e visitar lugares fascinantes por meio do meu trabalho, ainda acho que os livros são a melhor maneira de explorar novos tópicos que despertam interesse.” Essas são as palavras iniciais de Bill Gates na apresentação de sua lista literária desta temporada.

O cofundador da Microsoft afirma ter lido várias opções interessantes neste ano, como o novo romance de John Green, “Tartarugas Até Lá Embaixo”, e a narrativa histórica sobre a ascensão do Estado Islâmico em “Black Flags: The Rise of ISIS”, de Joby Warrick.

Eis os cinco livros deste ano que ele recomenda para você:

1. O Melhor que Podíamos Fazer, Thi Bui

O Melhor que Podíamos Fazer

Essa exuberante graphic novel é baseada em profundas memórias pessoais, que define bem o que significa ser pai e refugiado. A família do autor fugiu do Vietnã em 1978. Depois de dar à luz sozinha, ela decidiu aprender mais sobre as experiências de seus pais, crescendo em um país despedaçado pelos ocupantes estrangeiros.

2. "Evicted: Poverty and Profit in the American City", Matthew Desmond Harvard

Matthew Desmond

Se você quer compreender bem como as questões que causam a pobreza estão interligadas, então tem que ler este livro sobre a crise dos despejos em Milwaukee. Desmons escreveu um relato brilhante de americanos que vivem em penúria. Ele me deu uma ideia melhor de como é ser pobre neste país, mais do que qualquer coisa que eu já tenha lido.

3. "Believe Me: A Memoir of Love, Death and Jazz Chickens", Eddie Izzard

Eddie Izzard

A história pessoal de Izzard é fascinante: ele sobreviveu a uma infância difícil e trabalhou incansavelmente para superar sua falta de talento natural e se tornar uma estrela internacional. Se você é um grande fã dele, assim como eu, então vai adorar este livro. Sua voz é escrita de forma muito semelhante à do palco e me deparei rindo alto várias vezes ao lê-lo.

4. "O Simpatizante", Viet Thanh Nghuyen

O Simpatizante

A maioria dos livros e filmes que consumi sobre a Guerra do Vietnã se concentraram na perspectiva americana. O romance premiado de Nghuyen oferece uma visão imprescindível sobre como era ser vietnamita e se abordado pelos dois lados. Apesar de obscura, é uma história emocionante sobre um agente duplo e o problema em que ele esteve envolvido.

5. "Energy and Civilization: A History", Vaclav Smil

Energy and cilizatrion

Smil é um dos meus autores favoritos e está é sua obra-prima. Ele explica como nossa necessidade por energia moldou a história humana — desde a era das usinas de burro até a busca pela energia renovável que presenciamos atualmente. Não um dos livros mais fáceis de ler, mas, ao final, você se sentirá mais inteligente e informado sobre como a inovação energética altera o curso das civilizações.