Projeto de coleta seletiva de lixo é apresentada na cidade de Itápolis

Juntamente com este projeto, a Administração Municipal apresentou uma segunda proposta relacionada à educação ambiental

Por Redação 12/03/2018 - 08:19 hs

Preocupado em implantar a coleta seletiva em Itápolis, o Executivo Municipal tem procurado desenvolver uma estrutura que viabilize sua concretização. “Como atualmente a prefeitura não possui nenhum prédio apropriado para realizar a triagem dos materiais coletados, primeiramente estamos buscando meios para resolver esta questão”, explicou a Secretária de Desenvolvimento Ambiental.

Para isso, a Secretaria de Obras elaborou o projeto executivo de um galpão, para triagem e reciclagem de materiais; incluindo planta, memorial descritivo e de especificações técnicas, planilhas orçamentárias e cronograma físico financeiro.

Este projeto - que prevê a construção de um galpão de mais de 200 m² - contando com refeitório, escritório, vestiários e banheiros, foi apresentado ao Comitê de Bacias Hidrográficas do Tietê Batalha para solicitação de recursos do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos).

Juntamente com este projeto, a Administração Municipal apresentou uma segunda proposta relacionada à educação ambiental, na qual o município solicita recursos que serão utilizados em ações de conscientização de estudantes e da sociedade em geral, além de orientação aos catadores que participarão da cooperativa de recicladores. 

“A importância da implantação da coleta seletiva se configura além da obrigação imposta pela política nacional de resíduos sólidos. Enxergamos nesta medida uma redução nos custos na destinação final destes resíduos. Além disso, a reciclagem beneficiará o meio ambiente ao reaproveitar materiais já existentes, sem ter que utilizar novos recursos naturais para produzi-los”, pontuou a secretária.

Outros aspectos positivos apontados foram a inclusão social que este projeto possibilitará aos coletores, que passarão a contar com um local adequado para trabalhar, fato que acarreta, também, a extinção de depósitos clandestinos de recicláveis na cidade.

Imprensa Prefeitura de Itápolis