Em 2017, quase metade dos recalls foi por causa do airbag